está aqui: home > artigos > a alimentação do seu peixe

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

A alimentação do seu peixe

A melhor dieta

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Quarta, 09 de Julho 2008

A alimentação do seu peixe
Uma questão fundamental para que os peixes possam crescer convenientemente e reproduzir-se sem problemas, é a sua alimentação. Actualmente, por razões que se prendem com o comodismo e a falta de tempo, muitos aquarofilistas recorrem a alimentos secos à venda nas lojas da especialidade e facilmente acondicionáveis. Porém, estes alimentos devem servir apenas como uma variante à dieta dos peixes e nunca serem a base da sua alimentação.

No que toca a alimentação podemos dividir os peixes entre herbívoros, carnívoros e omnívoros. Os carnívoros como o Beta apenas se alimenta de alimentos à base de carne como por exemplo pequenos camarões e larvas. Os hervívoros alimentam-se apenas de vegetais frescos ou em flocos ( por exemplo, os peixes dourados de água fria adoram um pouco de alface o espinafre) enquanto que os omnívoros, como por exemplo os peixe-gato alimentam-se das duas variedades de alimentos. A alimentação ideal para os peixes pode então ser composta quer por alimentos vegetais quer por alimentos vivos que facilmente se podem encontrar no meio ambiente e mesmo criar e reproduzir em casa - por exemplo dáfnias, cíclopes e larvas de mosquito.

Outra questão que distingue os peixes na alimentação é o local onde preferencialmente comem ou procuram alimentos e que naturalmente condiciona o formato da sua boca e a comida de que se alimentam. Existem peixes que comem à superfície (como os Platys), peixes que comem a meio do aquário (como os Tetras) à medida que a comida desce suavemente e peixes que buscam o seu alimento no fundo como por exemplo o Peixe-gato e os peixes dourados de água fria.

A maioria dos peixes deve ser alimentada duas vezes ao dia, preferencialmente de manhã e à tarde pois o oxigénio libertado pelas plantas facilita o processo digestivo. A quantidade deve permitir que os peixes comam tudo em apenas alguns minutos. Se eles mostrarem mais apetite acrescente um pouco mais mas sem exagerar, se acrescentar pouquinho e lentamente vai verificar quando eles deixam de ter apetite, deve parar por aí. Cuidado para não dar comida em excesso pois ela vai acabar por decompor-se e deteriorar a qualidade da água. A melhor forma de lhe dar comida é ir tirando aos poucos da embalagem com a mão ou uma pinça e espalhar na superfície da água.
Comentários (1)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
18.11
Rikass disse:
Muito bom artigo!!! ;)
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch