está aqui: home > artigos > doenças comuns nos cães: probl...

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

Doenças comuns nos cães: Problemas nos ouvidos

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Segunda, 06 de Setembro 2010

Doenças comuns nos cães: Problemas nos ouvidos
Os problemas nos ouvidos nos cães são bastante comuns, embora não tenham a mesma incidência em todas as raças. Os cães com orelhas pendentes têm uma maior propensão para desenvolver problemas nesta área, devido ao ambiente húmido criado pela orelha. Cães com muito pêlo o interior das orelhas também costumam ser mais sensíveis a problemas nos ouvidos. Para prevenir doenças, é importante limpar semanalmente as orelhas.

Sinais de problemas nos ouvidos:

  • Mau odor;
  • Prurido (comichão) nas orelhas ou cabeça;
  • Vermelhidão ou inchaço nas orelhas ou ouvidos;
  • Abanar a cabeça ou incliná-la para um dos lados;
  • Sinsibilidade ao toque na zona / dor;
  • Alterações comportamentais, tais como depressão ou irritabilidade;
  • Perda de equilíbrio ou desonrientação;
  • Discargas escuras ou amareladas;
  • Acumulação de cera escura.

Doenças comuns


Otite externa

As infecções na zona externa do canal auditivo são geralmente provocadas por bactérias ou fungos. A acumulação de cera, pêlos enriçados e sujidade também podem causar infecções. As otites são geralmente causadas pela elevada humidade na orelha. Assim, sempre que der banho ao cão, limpe as orelhas muito bem, para que não fiquem restos de água.

As otites são de fácil tratamento numa fase inicial. É geralmente receitado um antibiótico no caso da presença de bactérias ou antifúngico se a infecção tiver sido causada por fungos.

As otities podem também ser sintomas de outros problemas, tais como alergias ou alterações hormonais. Os dois casos provocam alterações no ambiente do ouvido, o que vai propiciar o desenvolvimento de bactérias ou fungos.

Ácaros

Os ácaros são parasitas que se podem alojar no ouvido. São mais comuns nos gatos, mas também podem ocorrer nos cães. São altamente contagiosos e causam um forte prurido. De tanto coçar, alguns cães podem causar danos irreparáveis nos ouvidos. Os ácaros formam pequenos grãos escuros que se assemelham a grãos de café.

Corpos estranhos

Objectos estranhos podem entrar nas orelhas do cão e causar infecções. O mais comum são partes de plantas, sobretudo Praganas, que se agarram facilmente ao pêlo devido aos espigões. Estes enterram-se cada vez mais no ouvido e podem ser complicados de retirar. Por isso, inspeccione sempre as orelhas do seu cão depois de um passeio no campo.

Doenças hereditárias

Existem doenças hereditárias que se manifestam muitas vezes nas orelhas. É o caso da Dermatomiosite, inflamação dos músculos da pele, ou Seborreia.

Lesões

A presença de um destes problemas nos ouvidos pode ser agravada com lesões infligidas pelo próprio cão na procura de alívio. Coçar e abanar a cabeça podem causar danos irreparáveis. Não é tão raro surgirem hematomas na orelha, pequenas acumulações de sangue devido ao bater das orelhas.
adicionar um artigo
Bookmark no site::
Del.icio.usDiggNewsVineDe.lirio.usBlinkbitsBlinklistBlogmarksCo.mmentsFarkFurlMa.gnoliaNetvouzRedditScuttleShadowsSimpyTailRankYahooMyWeb
Comentários (2)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
10.09
ana-carla disse:
Dos 2 cães que tenho, 1 cocker e 1 husky, o cocker é o que mais sofre com problemas nas orelhas devido às orelhas caídas e ao ar não circular nessa parte do seu corpo. Resta ter alguns cuidados como limpar-lhe as orelhas com produtos receitados pelo vet. Nunca teve um otite o meu cão.
07.09
josete disse:
Eu tenho vários cães, de muitas raças, mas o dálmata é o mais afetado por otite, sujidade (excesso de cera) e prurido (coceira). Eu sempre limpo com lenços umedecidos e levo ao veterinário para exame. Os meus outros cães não tem nada, só os dálmatas.
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch