está aqui: home > artigos > gansos: companheiros e protect...

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

Gansos: Companheiros e Protectores

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Segunda, 24 de Outubro 2011

Gansos: Companheiros e Protectores
Os gansos são animais únicos e surpreendestes numa quinta. Para além de serem guardiões do terreno e uns excelente jardineiros no que diz respeito à manutenção da relva, são sobretudo animais de companhia de excepção, que estabelecem laços com os humanos como nenhum outro animal de quinta.

Os gansos são animais sociáveis. Vivem em bandos e adoptam como “mãe” o primeiro animal que vejam, mesmo que seja racional. É a partir desse momento que adoptam essa pessoa como família e que prometem seguí-la para qualquer lado. E acreditem, que os gansos são animais que cumprem as suas promessas.

Quem tem uma quinta com vários animais sabe o que é correr para apanhar uma galinha, um pato, uma perdiz, etc. Quem tem um ganso sabe que é impossível fugir dele. Os gansos são animais que cedo podem vir para o exterior. Desenvolvem-se mais rapidamente que os galináceos e não necessitam de tantos cuidados para sobreviver nos primeiros dias. Assim sendo, não há nada que os impeça de seguir constantemente o dono. Esta dependência torna-os engraçados, pois podem estar entretidos com algo, mas assim que reparam que o dono se retira para outro local, deixam imediatamente de fazer aquilo em que estavam concentrados e seguem, de forma um pouco desastrada, o caminho que o dono tomou. Não há qualquer dificuldade por isso em conseguir que os gansos venham quando são chamados.

Por estabelecerem uma relação próxima com o dono, os gansos mostram afecto da forma que sabem, seja a mordiscar a roupa ou o cabelo ou a aconchegarem-se no colo. Mas como animais de bando, os gansos não devem ser mantidos sozinhos numa quinta, exceptuando se o dono tiver realmente muita disponibilidade para lhe fazer companhia. Em Virgínia, nos Estados Unidos da América, é proibido comprar apenas um ganso. Ter dois ou mais gansos implica que os animais não estabeleçam uma relação tão forte com o dono, mas impede que o animal de sofra de solidão.

Os gansos são aliás uma boa opção para fazer companhia a outros animais sociáveis. O cavalo é um clássico exemplo. Cavalos e gansos convivem bem ao ponto de os gansos passarem as noites na mesma box do cavalo. Enquanto que os cavalos parecem reagir com sobressalto a outros cavalos na mesma box, muitos vícios de estábulo criados pela solidão podem ser atenuados com a companhia de um ganso.

Com uma personalidade parecida com a de um “cão de guarda”, os gansos conseguem ser tão ou mais territoriais que estes. Por vezes, as asas longas a abanar e os gritos que emanam são mais eficazes para a protecção de um território do que um cão. A verdade é que muita gente sabe lidar com cães, mas não sabe como reagir quando um ganso investe contra eles de forma determinada. O nível de protecção dos gansos aumenta quando lhes é permitido procriar. Os progenitores são extremamente protectores das crias e é por isso importante que qualquer ganso esteja familiarizado com as pessoas da casa, para que não os encare como ameaça.

Devido a esta extrema protecção, os gansos precisam de ter um local próprio para estar. Até porque podem-se tornar demasiado barulhentos se se mantiverem sempre alerta. Um local recatado na quinta, onde não haja a entrada e saída constante de pessoas ou animais, é o sítio perfeito para manter estes animais. Os gansos alimentam-se do pasto, por isso neste local deve haver relva. Os gansos são aliás uns exímios jardineiros no que diz respeito à manutenção do pasto. Com o bico aparam a relva para se alimentarem e arrancam ervas-daninhas, mas não estragam o pasto. A maior preocupação deve ser manter o local relativamente seco, já que os gansos conseguem inundar as imediações do sítio de onde dispõem da água. Para deixar a relva crescer e evitar a formação de lama, deve introduzir alguma rotação no local onde a água está disponível e onde os gansos pastam.

Manter um ganso implica contudo ter alguns requisitos aos quais a maioria das pessoas não tem acesso. Os gansos são animais aquáticos e necessitam por isso de ter água fresca disponível e ainda um pequeno lago onde se possam banhar. Os gansos passam contudo a maioria do tempo a pastar, daí que seja muito importante que haja um pasto de tamanho considerável para estes animais.

Essencial é também um abrigo, que forneça sombra e protecção contra vento e chuva. Os gansos necessitam de um abrigo com pelo menos um metro quadrado por animal.

Os gansos podem facilmente tornar-se num dos animais de companhia de uma vida. Acompanham o dono em média durante 20 anos, daí que a sua aquisição deva ser bem ponderada. Ter um ganso é um privilégio de longo prazo.
Comentários (5)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
31.10
amicogato disse:
Vale dar uma pesquisada nas histórias da antiga Roma onde os gansos, têm importante papel numa delas, como os gansos do Capitólio,,,
28.10
Josepinto1 disse:
ainda bem que colocaram este artigo , pois a minha mulher tem medo deles diz que sao maus, a ver se ela muda de ideias pois eu adoro os ganços...
26.10
Pequebrado disse:
Adoro-os simplesmente e tenho muita pena de não ter condições para os ter :( São uns seres magníficos, lindos e carinhosos :) Durante 2 anos, na minha hora do almoço, alimentava dois grupos de gansos no jardim do Campo dos Mártires da Pátria. Assim que me viam vinham logo ter comigo...o mesmo acontecia como uma família de 3 patos. Uma manhã foram mortos 7 gansos, e 14 patos, por um alcoólico. Da família dos 3 patos só sobrou uma pata que simplesmente deixou de comer e dias depois apareceu morta, num tufo de erva. Ainda hoje me lembro deles e oxalá que os restantes ainda andem por lá.
25.10
josete disse:
Eu já era apaixonada por gansos, agora estou super apaixonada. Os gansos são tudo isto que foi citado no artigo e lindos, muito lindos. Eles são majestosos, inteligentes e apaixonantes. Este artigo está divino falando sobre um animal que poucas pessoas conhecem e a maioria nada sabe deles. Parabéns, isto me fez ficar mais fascinada por este ANIMAL espetacular.
25.10
amicogato disse:
Muito interessante o artigo, curiosidades, sobre esses belos animais, que poucas pessoas têm conhecimento. São ótimos guardiães, quintal c/gansos, ladrão ñ entra.
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch