está aqui: home > artigos > esterilização/castração: vanta...

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

Esterilização/Castração: Vantagens e desvantagens para os gatos

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Segunda, 10 de Agosto 2009

Esterilização/Castração: Vantagens e desvantagens para os gatos
A esterilização/castração de gatos traz vantagens e desvantagens em termos de saúde e atenua o comportamento relacionado com o cio nestes animais. É uma operação rotineira, mas não deixa de envolver os riscos que acarretam uma cirurgia. Com vantagens para a sociedade e para o dono, cabe a este ponderar sobre os aspectos positivos e negativos de uma esterilização/castração no gato.


Superpopulação


O número de gatos disponíveis para adopção é bastante mais elevado do que o número de pessoas dispostos a adoptá-los. Para evitar que cada vez mais gatos sejam eutanasiados em gatis, é necessário diminuir a taxa de reprodução dos gatos.

O problema da elevada taxa de reprodução dos gatos não está apenas ligada aos gatos de rua. A verdade é que os gatos domésticos entram muitas vezes em contacto com estes, gatas e gatos que fogem de casa na altura do cio ou mesmo que vivem em estado de semi-liberdade, alimentados por um humano, mas com acesso livre ao exterior.

Assim, torna-se responsabilidade dos humanos fazer o que está alcance para assegurar que o seu gato não vai contribuir para o aumento deste problema. Em casos extremos, uma gata pode ser responsável por mais 2000 gatos na família, em apenas dois anos, segundo a Sociedade Mundial para a Protecção dos Animais (WSPA).

Mesmo que o seu gato(a) não esteja em contacto com animais de rua, ao cruzá-lo(a) está na mesma a contribuir para este problema. Existem várias ninhadas de gatos disponíveis desde os primeiros dias para adopção. Ao reproduzir o seu animal, vai estar a ocupar lares de adoptantes de gatos que poderiam ser utilizados pelos gatos cuja reprodução não foi possível impedir.

A esterilização/castração é uma forma eficaz de impedir que o número de gatos para adopção aumente, diminuindo assim o número de gatos abandonados nas ruas e o número de animais abatidos em gatis.


Benefícios para o dono


A esterilização/castração altera o comportamento do gato, mas apenas aqueles directamente ligados com o seu instinto sexual. Assim, nas fêmeas, comportamentos ligado ao cio,  tais como os miados, e, nos machos, a marcação de território deixam de existir ou são atenuados.

É normal que os gatos se tornem mais calmos, embora a esterilização/castração não afecte o temperamento que o gato exibe no quotidiano, ou seja, o gato não vai deixar de gostar de brincar, por exemplo.


Benefícios para o gato


Porque muitos donos, minoram os benefícios sociais e pessoais da esterilização/castração do seu gato, é importante realçar que este procedimento tem benefícios para o animal.

Os machos tornam-se mais calmos e menos agressivos para com outros gatos. Este aspecto é muito importante se o gato tiver acesso ao exterior ou se conseguir fugir de casa. As lutas entre machos são a principal forma de transmissão de muitas doenças incuráveis como a leucemia ou a SIDA felina.

Nas fêmeas, a esterilização poupa-as ao stress provocado por cios que não terminam em cópula. Existem também doenças sexualmente transmissíveis nos felinos e uma gata com cio que foge de casa traz geralmente complicações, e uma provável gravidez.

Para além destas vantagens em termos de comportamentos mais seguros, o principal facto que leva os donos a adoptarem pela esterilização é mesmo as vantagens em termos de saúde.

Os tumores mamários estão entre os três tipos de tumores mais comuns nas gatas e são, quase na totalidade dos casos, malignos. A esterilização reduz a probabilidade do desenvolvimento deste tipo de tumores porque impede as alterações hormonais que surgem na gravidez que podem contribuir para a formação destes nódulos. Quanto mais cedo for feita a esterilização, menor é o risco de desenvolvimento de tumores mamários. Se a esterilização for mesmo feita antes do primeiro cio, a probabilidade de se formarem tumores é quase nula.

Outras doenças podem também ser evitadas nas fêmeas:
  • a piometra, inflamação no útero, comum nas gatas idosas e que pode ser fatal se não for feita a esterilização;
  • outros tumores, tais como no útero e ovários.

Nos machos, a possibilidade de se desenvolverem tumores nos testículos é eliminada, já que estes são removidos.


Desvantagens


Há contudo desvantagens que é igualmente importante saber, para se poder tomar uma decisão informada.

As infecções urinárias são mais comuns entre os gatos esterilizados/castrados. Os gatos esterilizados/castrados necessitam de ver a sua dieta alterada, uma vez que ao tornarem-se menos excitáveis e mais calmos, podem tornar-se obesos, se a quantidade de ração não for diminuída. Esta desvantagem pode ser controlada pelo dono com a ajuda do veterinário e há muitos exemplos de animais que não engordaram significativamente depois da operação.

A esterilização/castração não deixa de ser uma operação e por isso envolve todos os riscos de uma cirurgia. Contudo é já uma cirurgia rotineira e comum, o que faz com que haja muitos veterinários com bastante prática neste campo. Assim, certifique-se de que escolhe um veterinário competente em quem sente confiança.

A esterilização quando a gata está no cio ou quando se encontra nos últimos dias da gravidez envolve riscos acrescidos. Alguns veterinários preferem esperar algumas semanas para realizarem a cirurgia.

Todas as operações custam dinheiro. A esterilização/castração não é uma operação muito cara, já que se tornou bastante banal. O preço situa-se entre os 150 e os 350 euros, conforme o tipo de anestesia, pontos e materiais incluídos.

Uma cirurgia implica sempre cuidados pós-operatórios e a esterilização/castração não é diferente. Caso haja a aplicação de pontos externos, deve colocar na gata um colar isabelino, roupa, ou um penso preso com rede, conforme se justificar, para que a gata não consiga chegar aos pontos com a boca. Com pontos absorvíveis pelo sistema, não é necessário preocupações acrescidas para além de administrar a medicação oral.


Os animais geralmente regressam a casa no mesmo dia em que é feita a operação ou no dia seguinte. Os gatos geralmente recuperam bem do procedimento e muitos mostram-se activos no dia seguinte.  

A esterilização/castração é uma decisão irreversível que não dá por isso azo a arrependimentos. Informe-se sobre o que é melhor para si e para o seu gato. Procure falar com pessoas que já esterilizaram/castraram o gato para saber como correu a experiência de cada uma. O veterinário é quem melhor consegue informar sobre tudo o que envolve esta cirurgia, por isso não deixe de lhe expor todas as suas dúvidas.
adicionar um artigo
Bookmark no site::
Del.icio.usDiggNewsVineDe.lirio.usBlinkbitsBlinklistBlogmarksCo.mmentsFarkFurlMa.gnoliaNetvouzRedditScuttleShadowsSimpyTailRankYahooMyWeb
Comentários (11)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
27.12
Psylocibe disse:
O meu gato foi esterelizado há cerca de 2 anos e nunca engordou,desde que foi esterelizado que come Royal Canin Neutered Young Male, só se vende em Veterinários e fica um pouco caro mas aconselho vivamente, além de não engordar até o pelo ficou mais brilhante.
02.09
mirsp disse:
O artigo é muito útil. A kika vai ser esterilizada amanhã e confesso que estava/estou ainda com alguns receios. Mas sei também que é a melhor decisão. Quanto aos preços, na minha veterinária é 140euros.
12.08
Paraiso disse:
Nunca tinha tido gatos até há três anos atrás, quando adoptei a minha primeira...agora tenho um trio felino (duas gatas e um gato)! Enquanto inexperiente, informei-me sobre o que seria melhor para a gata e decidi pela esterilização. Foi, sem qualquer dúvida, a melhor decisão. Quanto ao pós-operatório, a única que apresentava sinais de desconforto foi a primeira, mas é também a mais mimada. Quanto aos preços apresentados, concordo com a Skugga, achei exagerados, muito exagerados!
12.08
Skugga disse:
Eu sou a favor da castraçao. E parabens pelo artigo. So ha um pormenorzininho: castraçoes de 150 a 350€?! o.O so se for nos caes, ou em clinicas de luxo. a do meu gato foi 40, e às gatas cobram 90.. ou o vet do meu gato e muito mais barato, ou entao nao sei... Relativamente a experiencia, correu tudo bem. tava todo taralhoco quando chegou, mal consegui andar mas queria à viva força andar, e depois do efeito da anestesia começou a sua vida normal. so os comportamentos sexuais comigo (agarrar se ao meu braço) é que acabaram felizmente. É que de manha eu nao podia por o braço fora do cobertor que ele atacava logo..
10.08
MissCat disse:
Existem rações próprias para gatos esterilizados. Acho que se deve optar por essas quando os bichinhos foram esterilizados!!! Os meus gatos esterilizados não engordam (pelo menos tenho um esterilizado há quase dois anos e ele é super magrinho. E porquê? Porque caminha, corre e brinca todos os dias!!! Os outros ainda só estão esterilizados há uns meses. Com as fêmeas a questão é de facto outra! A única que esterilizei até agora morreu! E foi um "ai Jesus", que cada gato que morre é uma dor horrível para nós!!! Ficámos muito revoltados!!! São as tais desvantagens, mais concretamente, aqueles "riscos lixados" que quando surgem nos arrependemos sempre de ter tomado a decisão!!!
05.05
dinanando disse:
Nem me falem disso já me arrependi muito de o fazer á minha gata Lira, sofreu muito com isso pois correu para para torto esteve quase duas semanas PARA RECUPERAR..e só ai é que eu vi o que é o sofrimento de um animal..igualzinho ou ainda pior de que o nosso!Só eu e Deus é que sabemos o que me custou vela assim tadinha.-(Infelizmente moro num apartamento e por incrivel que pareça ela entrou no cio com 4 meses..e isso foi uma maratona para mim pois não podia deixar que ela fize~sse barulho por causa do vizinhos:-8..enfim já passou mas se fosse hoje penssava duas vezes1
12.08
valedoom disse:
O meu gato foi castrado a 1 ano e eu só vi beneficios com o meu bichano, ele se tornou um gato mais sociavel e muito mais carinhoso comigo e com todos em casa, está muito mais ativo do que antes da castração corre e brinca como nunca antes visto, ele voltou a ser criança, ele engordou um pouquinho, só não engordou mais por causa que ele faz muitos exercicios e eu controlo a sua alimentação. É muito importante a castração do seu gato ou gata, Pois a gente não quer ver um monte da gatinhos na rua sendo maltrados ou em um gatil a procura de um dono que é muito dificil, por isso eu aprovo a castração isso é um ato de responsabilidade com a sociedade.
12.08
Sealie disse:
Artigo muito relevante! O Ly foi castratado à alguns meses. Realmente tem ali um bocadinho de barriga a mais ou "banhinha" como lhe chamamos aqui em casa. Proxima ida à médica, de certeza que irá incluir uma diminuição na ração.
11.08
Lurdocas disse:
Concordo que são mais as vantagens do que as desvantagens na esterilização/castração dos gatos logo que foi possível falei com a minha amiga de infância que é veterinária que procedeu logo a esta cirurgia...é verdade que o Napoleão Bonaparte ta gordinho a Paula já disse que tem que fazer dieta...mas como ta de férias e tem imenso espaço pa percorrer achei este fim de semana que ta menos gordinho...ou será que são saudades da "tia" Lurdocas...Gostei imenso deste artigo.
10.08
5489 disse:
eu amei essa matéria! por isso: eu tinha 7 gatos e castrei todos! as vantagens foram muitas! e eles engordaram mais!
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch