está aqui: home > répteis > camaleão do yemen

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]
Adionar a página aos Favoritos 

Camaleão do Yemen

Que cor quer? (outros nomes: Camaleão de Elmo do Yemen, Veiled Chameleon (EN))

Camaleão do Yemen
origem:Yemen e Arábia Saudita
data de origem:Duméril & Bibron, 1851
esperança de vida:5 a 10 anos
nome científico:Chamaeleo Calyptratus
família:Chamaeleonidae
tamanho:35 para 60 cm
temperatura:23 para 32 °C
conservação da espécie: segura
Adicionar aos meus items favoritosÉ um perito nesta raça?envie esta página a um amigoadicione um comentárioadicione um link
Adicione esta raça aos seus tópicos favoritos
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
É um perito nesta raça?
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
envie esta raça a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 

Habitat Natural [ editar ]

O Camaleão do Yemen é encontrado na zona fronteiriça entre o Yemen e a Arábia Saudita. Vive em zonas de rios sazonais que secam durante o Verão e se alagam no época das chuvas. Ao contrário do que se possa imaginar, estes camaleões vivem em zonas com fácil acesso a água e com humidade considerável. Mesmo na época seca, o nevoeiro é relativamente denso para formar gotas de água nas folhas, a fonte dos camaleões.


Estes camaleões podem ser encontrados no sopé das montanhas, florestas litorais, savanas de arbustos, vales ou mesmo em zonas a quase mil metros de altura. Devido a esta diversidade de territórios, são uma das espécies de camaleões mais resistente, aguentando uma amplitude térmica considerável.

Os camaleões são capturados para o comércio onde tanto têm lugar vivos, para animais de estimação ou rituais, ou mortos, vendidos em partes como recordação a turistas.

O habitat natural deste camaleão está sob uma forte pressão económica. O aumento da população exige novas terras e as florestas são destruídas pela valiosa madeira, o que diminui o território do animal. Para além disso, ainda está por determinar os efeitos da captura de animais selvagens para serem mantidos em cativeiro. Sendo um animal com um território pequeno e deslocação lenta, o isolamento de indivíduos é preocupante.

a editar: Habitat Natural [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Como Animal de Estimação [ editar ]

Existem várias espécies de camaleões derivados da mesma família científica - Chameleo. São maioritariamente originários da ilha de Madagáscar e da generalidade do continente africano. Em Portugal podem ser encontrados camaleões mediterrânicos, na região sul do pais. No entanto é uma espécie protegida, que não pode ser recolhida como animal de estimação. Se gosta de camaleões, não capture os exemplares portugueses, uma vez que correm risco de extinção.

Os camaleões não são animais recomendados para iniciantes em répteis, devido às exigências de manutenção. Apesar de o Camaleão do Yemen estar entre os camaleões mais agressivos, devido à sua resistência é considerado a melhor escolha para donos inexperientes na manutenção de camaleões. A sua natureza tímida, faz com que reaja a qualquer estímulo: pessoa ou outro animal, não sendo contudo violento.

Para os mais inexperientes aconselha-se um exemplar macho, uma vez que as fêmeas necessitam de cuidados extra, nomeadamente na altura da postura.

Camaleões não deveriam ser muito lidados com as mão, são mais animais para se ver do que para tocar. O lidar com eles muito à mão vai levar com que estejam em stress contínuo.
a editar: Como Animal de Estimação [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Temperamento [ editar ]

Nos primeiros tempos em cativeiro, o camaleão mostra-se bastante nervoso embora nunca o suficiente para morder. Os machos, que normalmente são mais coloridos e com ornamentações mais proeminentes na cabeça, devem ser mantidos em espaços separados. 
a editar: Temperamento [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Descrição [ editar ]

Possui três características principais que estão presentes na generalidade dos camaleões. A saber: a capacidade de movimentarem independentemente os dois olhos, a possibilidade de enrolarem a cauda para se agarrarem (serve como mais uma pata) e a facilidade em mudarem de cor adaptando-se ao meio ambiente onde estão. Esta última funcionalidade permite não só protegerem-se dos potenciais predadores como também passarem despercebidos na sua aproximação às presas. Os camaleões podem ser sexados logo à nascença. Os machos apresentam um pequeno espigão virado para trás nas suas patas traseiras.
a editar: Descrição [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Terrário [ editar ]

A composição do terrário deve fornecer um ambiente o mais confortável e parecido com o natural possível.  O terrário deverá ser o mais arejado possível, deve ser de rede ou pelo menos 3 lados deveriam ser de rede. Terrários de vidro não têm arejamento suficiente e acabam por criar fungos que levam a doenças respiratórias e morte. Não deverá conter nada no fundo ou então ter toalhetes de cozinha devido à sua caracteristica de ter uma língua pegajosa. Ao projectarem a língua podem levar detritos que causam compactação e em camaleões jovens levam à morte.

Como elementos decorativos deve instalar no aquário ramos que permitam ao animal trepar, esconder-se e algumas plantas verdes. Assegure que os ramos que coloca têm capacidade para suportar o peso do animal. Plantas naturais são bastante apreciadas pelos camaleões e dão uma beleza extra ao seu terrário, mas atenção que existem plantas tóxicas que devem ser evitadas. Recomendam-se as seguintes espécies: Ficus, Hibiscus, Schefflera ou Photos. A temperatura ambiente diurna dever estar entre os 21ºC e os 27ºC e a nocturna entre os 16ºc e os 26ºc.

Dimensões mínimas para um terrário para um macho: 50cm x 80cm x 120cm (comprimento, largura e altura). Para uma fêmea, o terrário deve ter no mínimo: 40cm x 60cm x 100cm (comprimento, largura e altura).

Iluminação

Regularmente deve permitir a exposição directa à luz solar ou a lâmpadas de raios ultra-violetas (especiais para répteis) para facilitar a sintetização da vitamina D3 e a absorção de cálcio. A humidade média deve ser mantida entre os 50% e os 60% juntamente com uma boa ventilação de ar.

Para os camaleões do Yemen, as lâmpadas devem de ser as seguintes:

  • Lâmpada de UVB (2.0) - opcional (dependendo do tamanho do terrário) 
  • Lâmpada de UVB (5.0) - para promover a fotossíntese da vitamina D3
  • Lâmpada de aquecimento
  • Lâmpada de basking spot  
  • Lâmpada de luz nocturna de cor azulada - simular a luz lunar
a editar: Terrário [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Alimentação [ editar ]

No que toca a alimentação, os camaleões são insectívros, antes de adquirir um camaleão tenha a certeza que a sua loja de animais tem alimento vivo sempre à disposiçao. Normalmente em cativeiro eles alimentam-se de grilos, gafanhotos, tenébrio, zophobas. Em adulto e em especial as femêas em altura de postura, o nível de cálcio tem tendência a descer. Certos criadores colocam à disposição "pinkies" nessa alttura.  Se quiser dar alimento vivo selvagem, tenha a certeza que são apanhados em sítios que não existem pesticidas. Os insectos devem estar bem alimentados. Nas lojas de animais já há disponíveis vitaminas para fortalecer os insectos. Os insectos também devem ser borrifados com vitaminas em pó que encontrará nas lojas de animais, especialmente cálcio e D3. Em adultos 2 vezes por semana, em jovens 3 a 4 vezes por semana. Para o fazer pode colocar o pó num recipiente, colocar os insectos lá dentro e agitar suavemente até que fiquem cobertos.

A água tem que escorrer pelas plantas, os camaleões não bebem em recipientes. Para manter o seu camaleão hidratato borrife as plantas 2 a 3 vezes por dia com água de forma que ele veja a água a escorrer pelas folhas. Existem sistemas de rega gota-a-gota que podem ser adaptados ao terrário mas nesse caso tem que tirar o excesso diariamente. Pode manter um recipiente de água no terrário para ajudar à evaporação de água.
a editar: Alimentação [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Adicionar novo bloco [ adicionar ]
adding: [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
[ É um perito nesta raça? Editar esta descrição(moderado) ]
Comentários (2)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
03.06
maikmkrudy disse:
muito legal esse camaleao no brasil nao existe nem parecido!!!!
11.11
SabrinaMG disse:
Acho muito interessante o facto de fingirem de morto depois de morderem um dedo! Sim, uma vez fui mordida...
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch